[Off-Post] Dreadrock Citadel: mistérios, referências e teorias

Olá, moços(as) Ontem chegou in-game o primeiro mapa da nova saga: Dreadrock Citadel, referente ao elemento da escuridão. Apesar de não possuir nenhuma cutscene própria, os diálogos dos NPCs nos revelam várias coisas sobre a história do lugar e possíveis andamentos dela. Isso inclui seres das trevas de força indomável e até uma sociedade secreta. Tantas referências que fazem o Capitão América delirar! Alerta de orgasmos para os companheiros do Evil Side.


Comecemos com uma leve sinopse:

A culminância da guerra contra o Chaos se deu na libertação da Rainha. Uma nova ameaça, muito mais poderosa do que jamais podiam imaginar. Durante o tempo em que o Herói ficou no plano do Chaos, Lore enfrentou diversos problemas, nos quais se inclui o rompimento da famosa Aliança. Vários foram aqueles que se refugiaram em Northpointe, que se tornaria um símbolo da esperança. No entanto, alguns seres mais sombrios procuraram um outro lugar, que é justamente o mais novo mapa do jogo. A única coisa que se sabe da origem deste lugar, é que a cidadela foi construída por uma raça de seres alienígenas que estavam fugindo. E do que eles estariam fugindo? Não se sabe. O local se tornou um ponto de encontro de seres obscuros, principalmente com fins de comércio. Vejamos agora algumas particularidades do cenário:

Tela inicial. Repare o ambiente sombrio e devastado, assim como a aparência da torre.

Entrada da torre. Repare no aspecto dela, assim como a tela de quests. Ao lado, Kaiser Vance, NPC que falarei mais a frente.

Quem joga EpicDuel (ou ate MechQuest) deve ter reparado algumas coisas similares aos jogos. Fortune City, no ED, possui um cenário bem parecido com este. Já aquela tela de quests pode lembrar o MQ, mas o foco aqui é a referência ao EpicDuel. Não só no cenário, mas também pelo NPC ali ao lado: Kaiser Vance.

Imagem aproximada.

Esse cara já tem um ar misterioso. Nos diálogos com ele, percebe-se que é um homem de poucas palavras. Além disso, é um tanto quanto hostil, já que fala: “mantenha distância, e eu me certificarei de não te matar muito rapidamente”. Ele também diz que, neste lugar, poder é tudo. Se nega a falar muito de si e, quando você seleciona a opção “challenge (desafio)”, lá vem mais um aviso: “Você tem um longo caminho antes de sequer pensar em me desafiar, Herói”. Não sei da força, mas a propaganda tá 10/10. Além disso, ele também traz referências ao EpicDuel. Sua postura e aparência lembram a classe Bounty Hunter, algo próximo da rogue, que utiliza como armas principais as armblades (que Kaiser está usando). Há ainda o botão “challenge”, que é uma das opções dos NPCs do outro jogo.

Entrando na torre, você não anda muito, apenas uma room. Mas nela, você encontra um cara bem misterioso. Tão misterioso que o nome dado a ele é desconhecido (mostra-se como “???”).

Aparência do ???

Mais um desses estranhões. Em seu diálogo, logo quando clicado, ele diz: “Saudações. Eu tenho esperado por você, Herói”. Quando perguntado sobre si, ele muda o assunto para o Herói, e diz que o mestre dele tem interesse em você. Aí é que fica interessante, no momento em que ele fala: “Se você considera Nulgath, o Archfiend, e Dage, o Rei Lich, seres poderosos, então você está profundamente… enganado.” Intrigante, não? Quando perguntado sobre a origem deste lugar, é dito que foi construído há muito tempo pelos arquitetos da raça dele, e que um dia eles irão retornar pra clamar o que é deles. Pra ficar mais loko, ele cita o despertar da Rainha e a vinda do Mysterious Stranger. Parece que todos os releases recentes com temática Evil estavam interligados afinal.

Agora, vou mostrar um pouco dos outros NPCs que, apesar de não contar muita coisa, ajudam a entender um pouco mais e trazem outras referências:

NPC Deathgore.

Um… peixe dourado. É, ele não traz muitas informações. Na verdade, não diz NADA, apenas fica fazendo “glub glub”. No entanto, quando questionado sobre Kaiser Vance, os olhos dele assumem um brilho vermelho, e isso pode ser considerado algo importante, principalmente pela reação dos outros NPCs.

NPC Kira.

Uma ferreira de Dreadrock, obviamente da raça Darkblood. Ela está na cidade para comércio, como era de esperar. Ela acha que as origens da torre são anteriores à Lore e diz para ter cuidado com Kaiser Vance – aparentemente, as lâminas dele são bem afiadas. É dito ainda que algo estranho tem acontecido nos becos, e até que alguém faça algo sobre isso, você não poderá entrar na torre de fato. Vale ressaltar ainda o seu nome, que foi usado por Raito Yagami no anime Death Note e significa “matador(a)”.

NPC Aloysius.

Aparentemente, um cabeleireiro. Ele diz que tem viajado por toda Lore e se cansou de ver cortes de cabelo repetitivos. Ele diz que você pode acessar certas salas da torre caso possua alguns… “requerimentos”. Quanto à Kaiser Vance, Aloysius diz ter ouvido rumores que o cara tinha sido um cavaleiro de Swordhaven (quero teorias da conspiração quanto à isso).

NPC Xisor.

Um vendedor de armas e membro da Nation que puxa mais o “s” do que os  cariocas. Quando perguntado sobre a torre, ele mexe sua mandíbula de um jeito nervoso, e diz pra ficar longe caso você valorize sua alma. Xisor se recusa a falar sobre Kaiser Vance e, ao ser questionado sobre Dreadrock, diz que não se deve brincar com certas coisas, como o “Old One” (O antigo, em tradução livre) e outros mais antigos ainda.

NPC Augur.

Ele não tem nada de muito especial, somente algumas quests e as mesmas opções de Augold (dono do bank de Battleontown, de quem é irmão). Caso você seja Evil, tem um cara que combina mais você pra guardar suas riquezas.

NPC Shakaz (print tirado em Northpointe).

Este é um velho conhecido, sendo um NPC também de Northpointe. Ele exalta a Shadowscythe, diminuindo a Legion e Nation pelo fato de “servirem” à ela. Aqui, descobrimos que ele não é nenhum cara que apareceu esses dias. Humilde, fala ser apenas um guerreiro de Gravelyn, mas também nos conta que chegou a lutar ao lado de Valen (Sepulchure quando ainda era humano)! Fala com orgulho sobre a capitã do Evil Side: “Meu braço é o braço dela. Minha lâmina é a lâmina dela”.

NPC Nihilus Rex.

Emissário do vazio, claramente serve à Nulgath. Ele faz apenas sons ininteligíveis que entram em sua mente e ouvidos sem fazer nenhum sentido. Não bastasse essa aparência estranha. No entanto, a descrição de seu diálogo manda procurar Enn’tröpy para que sua fala seja traduzida.

NPC Enn’tröpy.

Tradutor abissal, serve à Nihilus. Quando perguntado sobre seu mestre, diz: “Minhas desculpas, Herói. Se eu relatar as palavras dele, você perderia qualquer sanidade que te sobra”. Melhor deixar quieto, né? Ele fala sobre o exército de Nulgath, onde “apenas os mais poderosos podem ter esperança de sobreviver nele”. Exalta o Archfiend enquanto ser ancião, que sabe muito mais coisas do que o Hero pode chegar a conhecer. Também diz que não conhece Polish, apesar de serem iguais e servirem ao mesmo mestre.

NPC Sirenia.

Caçadora da Legião e representante da facção no lugar. Enaltece os seguidores de Dage com o fato de terem “derrotado” o exército de Nulgath, dizendo serem os mais poderosos de Underworld. Cômica, chega a dizer ainda: “A maioria das pessoas acham que tudo o que você precisa pra ser da Legião é um Paragon pet e uma Caladbolg… mas tem uma coisa a mais pra ser um de nós. Uma qualidade que falta em muitas criaturas: nenhum de nós teme o abraço da morte”.

Daí você não acha mais nenhum NPC de frente com a torre, mas ainda há outros lugares pra entrar. Explorando você pode chegar na seguinte sala:


Caso você seja um daqueles que não repara muito, perceba um buraco ali no chão, à direita do Herói, com um ponto amarelo. Ele não lembra uma seta? Passe o mouse por cima e ele será “clicável”, revelando uma entrada. Lá você encontra dois NPCs um tanto quanto diferente dos outros. Eles são Johann e uma viajante misteriosa.

NPC Johann.

Aqui começa a ficar interessante para o pessoal do Good Side. Por quê? Na descrição é dito que Johann é de um grupo chamado “Sentinelas silenciosos”. Perceba que no peito dele há o dragão que simboliza o lado do bem. Ele explica que aquele é um esconderijo usado pelo grupo, onde eles trabalham debaixo dos panos para manter o Evil side sob controle. Há um encanto lá que faz com que você não consiga falar sobre o esconderijo do lado de fora. Eles cuidam dos refugiados que se perderam e acabaram por lá. Qual lugar melhor pra se proteger do inimigo do que no coração do território deles? E não para por aí. Você achava que o Chaos era o grupo dos Illumitati do AQW? Na-na-ni-na-não! Johann diz que o Herói já trabalhou junto dos Sentinelas anteriorment contra uma organização chamada “Jus divinum” (Lei Divina, traduzido do latim). Quando? Na Inquisição. Lembram do Golden Onslaught, em que lutamos contra Lionfang antes dele ser Chaos Lord? Sim, era coisa dessa organização. Parece que eles se infiltraram no famoso grupo da Seraphic Order (Ordem Seráfica). Como o próprio NPC diz, “Nem toda luz é boa”. Abram o olho, camaradas!

NPC Mysterious Wanderer.

Uma viajante misteriosa que faz jus ao seu nome. Não há nada em sua caixa de diálogo. No entanto, não poderia deixar passar que os traços do rosto dela me lembram o EpicDuel também. Esperemos pra ver o que ela pode fazer.

Especulações sobre a história

Como eu falei anteriormente, parece que todos os releases com temática evil estavam realmente conectados para culminar neste. Fazendo uma breve retrospectiva:

  • O Mysterious Stranger apareceu no último Friday the 13th.
  • Todos os sides, em Archportal, sentiram uma “agitação” no vazio.
  • Nulgath pode retornar à Lore quando quiser.
  • Uma parte do espírito de Sepulchure está na Doomblade de Gravelyn, enquanto a outra está rodeando a Rainha.

Tudo isso aliado à possível vinda de um ser poderoso pra caramba citado pelo NPC ???. Eu acredito que possa ser o Mysterious Stranger, embora haja uma grande possibilidade de eu estar errado. Acredito muito na vinda de Nulgath à Lore, para se relacionar com a história. Consequentemente, Dage também vai meter a colher nisso. É possível ainda que o espírito de Sepulchure volte a ser um só e assuma um corpo, embora as possibilidades sejam mínimas. Isso poderia originar uma war tripla, ou então uma mega união. Há a possibilidade desse “ser supremo” voltar o Evil Side contra tudo e todos, mas eu acho que, intimidados pelo poder dessa criatura, o três supremos das facções irão querer derrotá-lo e provar que não ficam nada atrás em poder. Vale ressaltar que a Rainha vai tentar ser bem mais “imprevisível” nesta saga, e isso pode ser uma faca de dois gumes. Isto é: se o previsível for a AE cagar a história, então estamos bem servidos.


Por enquanto isso é tudo que eu tenho a dizer e mostrar. Tem alguma teoria sobre o futuro da saga? Sabe de alguma referência ou curiosidade que eu deixei de citar? Fala aí nos comentários. Vou ficando por aqui, um abraço e até a próxima, moços(as)!

Todas as imagens utilizadas nesse post foram adquiridas na Wiki do AQW.

47 comentários sobre “[Off-Post] Dreadrock Citadel: mistérios, referências e teorias

  1. Esse evento tem uma aparência muito loka mas os itens frees deixaram a desejar, tem alguns itens (pra ser mais exato 2) que eu achei bem legais.Bem mas e melhor esperar updates para eu não ter que retirar o que eu disse kkkk.

    P.S: Esse foi meu primeiro comentário aqui no cangaceiros, sou fã do trabalho de vocês espero que continuem com o bom trabalho.

    P.S.S: Minha Char Page é Zika__Memo.

  2. Uauuuu !!!! E pra quem achava que Dreadrock seria somente mais um refugio de renegados, me surpreendeu esses detalhes ai einnn, sinto cheiro do caos e desordem no ar rsrs. (Dei play na musica de nv, ohhh coisa maravilhosaaa!!) Bom Post

    • Quando eu vi tudo no mapa, não deu outra: eu PRECISAVA mostrar tudo aquilo! A cabeça tava pra explodir quando eu vi o potencial, embora eu não ache que vá ser aproveitado do jeito que devia. Quanto à música, Judas Priest é mais do que maravilhoso ^^

    • MENINO ERGOTE ALEGRIA NAS IDEIAS. Realmente, o cara tem sido uma das minhas esperanças na equipe. Isso aumentou quando eu vi o potencial dele em Thirdspell. Que ele possa ajudar a guiar bem essa história.

  3. Tenho quase certeza que esse lugar foi uma base dos ShadowScythe na era de MechQuest.
    Algumas partes do universo não foram afetadas pelo Reset, como foi o caso de Kordana e Kathool. Pode ter acontecido o mesmo com Dreadrock Citadel.

    • Excelente teoria. A tela de quests pode ajudar a comprovar isso. E ainda há referências ao EpicDuel, isso me intriga… Talvez pelas tecnologias semelhantes. Muito bem observado.

      • Agora que eu parei pra me tocar: ALIENÍGENAS! E A TORRE CONSTRUÍDA ANTES DE LORE! SIM, AGORA TUDO FAZ SENTIDO, AS REFERÊNCIAS APONTAM PRA O MECHQUEST! Mals pelo caps, empolguei.

  4. Pra quem não lembra, o Agent Sloan (um dos guardiões de Tower) é um dos Silent Sentinels e a gente ajudou ele a descobrir a existência da organização Jus Divinum.

  5. Seria o peixe dourado a reencarnação do Champion of Darkness? kkkk na DN a Alina fala, “Spoiler! Not a ordinary fish”, ok que ser um champion é exagero… mas nunca se sabe =p
    Quanto ao Nihilus Rex…

    E, bom post!

    • Se bem que o Champion of Darkness é o Artix :v talvez o Deathgore seja da água.
      Quanto à imagem, ela faz parte de alguma pintura famosa? Tenho certeza de já ter visto em outro lugar. Ah, e obrigado.

      • Artix e Gravelyn não são mais champions, eles perderam os poderes. Deram pro Hero, que depois os perdeu, o q fez com que os poderes fossem passados para os próximos “herdeiros”. Quanto a pintura, dica: É de uma paródia do quadro “A Criação do Homem”, o ser em questão é o “Flying Spaghetti Monster”, é que me lembre dele imediatament quando vi esse ser vermelho e tentaculoso :v

  6. Mysterious Stranger de fato está envolvido nesta saga. A questão é se ele é apenas um observador ou um inimigo. De fato ele deve ter alguma relação com a Queen Of Monsters, pois provavelmente o Titan Of Darkness ( Citado na Cuts final em /join gaiazor ) foi gerado pelo Mysterious Stranger, afinal o Stranger é a própria Darkness, Seppy por exemplo, não passa de um brinquedo para o Stranger. Partindo disto, eu suponho que o Stranger seja um inimigo indireto, ele está lá escondido na escuridão observado tudo e todos, esperando o momento certo para atacar e que em meio disso, ele viu uma vantagem em dar algum tipo de ajuda para a Queen Of Monsters; anteriormente na cuts final em Join gaiazor, ele mandou um minion dele servir a Queen Of Monsters, juntamente com o Titan Of Darkness.
    Pode ser que a QoM esteja controlando o Stranger e consequentemente controlando o Titan Of Darkness, porém eu acho bem improvável, pois se formos comparar, por exemplo, a Nevanna com o Stranger, obviamente o Stranger é muito mais superior, afinal, ele é uma entidade já, uma entidade da Darkness.
    De qualquer forma, o fato é que o Stranger tem alguma relação com a QoM, estou ansioso para a continuação.

    • Eu considero o Stranger um dos melhores personagens desse universo da AE. Como poucos, ele é misterioso e imprevisível. Sagas com um ser desses tendem a nos impressionar. Eu acho que ele é mais poderoso que a própria Queen, ou pelo menos tem uma força equivalente. Não acreditaria na possibilidade dele estar sendo manipulado, acho que está apenas fazendo o que lhe é conveniente. Não tenho nem ideia de quais poderiam ser as intenções dele, mas tenho certeza que é algo interessante. A equipe tem a faca e o queijo, falta usar tudo certinho e dá uma belezura de saga.

  7. As quests também falam um pouco dos NPCs.
    Deathgore the golden fish: ele é bem educado e cordial, uma descrição de seu poder está em uma das quests onde ele pede ao Hero que derrote 8 fallen knights, porque se ele fosse fazer isso por si próprio, metade da cidade seria destruída. Então eu penso, o aquário pode não ser só um mero aquário, mas um inibidor de seu poder quem sabe. Parece também que assim como a impressão que ele nos dá (um mero peixinho de aquário desprezível) ele também dá aos NPCs, ninguém da comida a ele e tal. Além de que ele é solitário, numa das quests ele diz ao Hero que até convidaria ele pra entrar na casa, mas que obviamente não ia dar certo por falta de espaço, então pede pra que procuremos algum amigo pra ele, um outro peixinho dourado que algum monster pelo local carrega. Após completar, ele pergunta como que pode existir outro peixe tão poderoso quanto ele. Isso me leva a acreditar que, todo esse poder é inato dos peixes dourados do local… ou Deathgore pode estar apenas blefando e toda essa história de ser poderoso e tal é uma mentira usada pra esconder alguma problema social dele (como sua solidão, impotência de agir em certas ocasiões e ninguém o respeitar). Porém, a Alina disse que ele não é um mero peixinho dourado….

    Enn’tropy:
    “Allegiance to the Old One is sacred. And breaking that bond requires…compensation. The Shadowknights have been very loyal to my master; but two of them tried to escape from their contracts. Find the traitors…and execute them.”

    “In order to commune with the Old One, I require an…abundance…of Tainted Gems. If you can provide them for me, I will reward you favorably. Service to the Old One does not go unnoticed; and if you succeed, the rest of this city will know it as well.”

    Juro que, em alguns momentos parece que o Nulgath é o Old One, mas pelo visto não é. A cidade não é controlada por um grupo específico… ou pelo menos não um “grupo visível”. O Old One parece ser algum tipo de Don Corleone, um chefe de uma máfia. Tainted gems são requeridas, não sei se é uma taxa tributária a se pagar para realizar a comunicação ou é algo necessário a nível de pacto. Provavelmente é o segundo, já que ele pode ser a misteriosa entidade que é mais poderosa que Nulgath e Dage…. ele pode ser o Stranger!

    Checa as quests, eu gosto dos textos delas, falam um pouco sobre a situação. E olha o tanto de informação que deu pra tirar sobre o Deathgore. Não sei quanto aos outros.

  8. Bom, agora vou falar mais propriamente da AE e o grande universo que ela tem em suas mãos. o AQW ficou preso muitos anos na mesmice do Chaos e isso de fato atrasou muito o andamento do AQW, apenas recentemente o AQW começou a andar para frente. Nós temos muitos personagens que não foram explorados, que merecem de fato serem explorados, tal como o Erebus. E não somente personagens como UNIVERSOS, por exemplo o Shadow Universe, aonde habita a criatura mais poderosa de todos os Universos denominada ”MÃE”. ( Caso queira ver a história do Shadow Universe, pesquise no google ou entre no grupo T B S Brasil AQW, aonde eu eventualmente posto minhas teorias e algumas curiosidades. ). Observe quantas coisas ricas a AE tem em sua mão, quantas histórias ela pode adaptar ao AQW com sucesso. A AE tem tudo em sua mão, basta ela não fazer cagada, mas do jeito que conhecemos a AE, não podemos confiar nisso.

Deixe-nos saber sua opinião. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.