Tradução da cutscene de Brightoak!

Olá, moços(as)! Não estranhem o fato de o título do post estar no singular. Tivemos ontem a chegada de Brightoak Grove, que continua a saga da Queen of all Monsters, e como essa é apenas uma “introdução” ao novo local do jogo, tivemos apenas 1 cutscene para nos dar uma noção mínima do que está acontecendo por lá. Sem mais delongas, vamos conferir.

Cutscene – Seeds of destruction (Sementes da destruição)

Vista ao chegar em /join Brightoak

Brightoak está sendo atacada por vários monstros que são comandados por alguém cujo rosto não é mostrado. Alguns guerreiros estão tentando lutar contra o exército para tentar proteger os habitantes de lá junto com a àrvore da vida.

Guarda florestal levada a outro nível

Guarda florestal levada a outro nível.

Tem muita imagem de monstro fazendo isso e aquilo, mas não mostra eles quebrando nada.

Tem muita imagem de monstro fazendo isso e aquilo, mas não mostram eles quebrando nada.

E finalmente, começa o diálogo (Este da imagem é Aven).

E finalmente, começa o diálogo (Este da imagem é Aven).

Aven – Não vou aguentar por muito mais tempo! Você já deixou as crianças seguras?

Ravinos e sua varinha à laser.

Ravinos e sua varinha à laser.

Ravinos – Eu mandei todos para os fortes das árvores, todos exceto-

A cena mostra essa garota (Eliza) presa debaixo de uma árvore.

A cena mostra essa garota (Eliza) presa debaixo de uma árvore.

Eliza – ELE ME PEGOU! Ravinos – ME AJUDE!

Aven – Eu vou distraí-los. Alcance a garota!

Folha navalha! -q

Folha navalha! -q

A garota é salva pelo chifrudo.

A garota é salva pelo chifrudo.

Reparem no Darth Vader ali no fundo que comanda a porra toda.

A cena então muda para o Darth Vader desconhecido ali no fundo que comanda a porra toda.

??? – Lacaios. Acabou! RECUAR!

Todos se reunem para a mesa redonda da batalha.

Os monstros somem e todos se reúnem após a batalha.

Aven – Por que eles recuaram? Nevana sabe que minha flora não tinha chance contra a magia dela.

Ravinos – Nossa Nevana sabe disso. Essa – essa… criatura que atacou Brightoak não pode ser a mesma pacificadora. Mas isso é algo a ser considerado outra hora. Por enquanto, temos que nos preocupar com os feridos e os doentes.

Zephyrus – Shh, meu garotinho. Sua irmã ficará bem. O sumo sacerdote tem GRANDES PODERES de cura. Não há veneno ou mal nenhum que ele não possa negar ou purificar!

Flix – Graças ao Verde, ele consegue fazer isso.

Ravinos tenta curar o braço de Eliza...

Ravinos tenta curar o braço de Eliza…

...Mas sua aura muda de cor e começa a fazer mal à garota.

…Mas sua aura muda de cor e começa a fazer mal à garota.

Eliza – AAHHHHHH! AI AI AI! PAAAARA!

*Ravinos estranha o fato acontecido, e de repente fala:*

RavinosConseguem ouvir isso?

Aven – Não, eu não ouço nad- Oh não!

Ravinos – Onde está  a corneta celestial do equilíbrio?

Aven – É claro. Isso explica porque eles recuaram repentinamente. Eles não queriam destruir nosso lar, Nevana e suas tropas estavam atrás da buzina. Como eu pude ser tão cego?

Ravinos – Sem a música da corneta criando uma barreira protetora ao redor da árvore do mundo, não há nada protegendo as raízes. Essas raízes se estendem até o coração do mundo – alimentando o próprio núcleo de mana! E agora – qualquer coisa poderia atacá-las, infectá-las, usá-las para corromper-

Aven – E quanto à sua ligação com a árvore do mundo? Se ela sucumbir ao veneno e cair sem ninguém para escutar, ela fará o som da nossa destruição absoluta?

Flix – Não é hora pra isso! Você está rindo enquanto nossa floresta vai apodrecendo! O que isso quer dizer para as minhas criaturas?

Ravinos – Enquanto a música da corneta tocava, meu toque era purificador. Sem ela… Eu temo que ele possa ser mais venenoso que a toxina que ameaça a árvore do mundo. Até sabermos, não posso arriscar tocar em vocês ou usar minha magia. Pelo menos por enquanto. Precisamos do Hero. Não há ninguém vivo que esteja melhor equipado para lutar contra a Queen of Monsters e –

Aven – Os generais dela. Só pode ter sido isso. Ela confundiu a cabeça de Nevana. A Queen jogou nossa melhor guerreira numa guerra contra nós, precisamos da astúcia do Hero.

Finalmente, a cena muda de lugar e o nosso protagonista entra em cena.

Finalmente, a cena muda de lugar e o nosso protagonista entra em cena.

Player – Ah, que dia lindo. Tomara que não apareça nenhum monstro gigante enfurecido querendo me atacar…  Seria estranho ter uma tarde assim sem nenhum necromancer ressuscitando um exército de undeads…… (*raízes estranhas aparecem na tela*) Huh, parece que eu realmente vou ter uma  horinhas de “ser eu” hoje. (*As raízes então puxam ele de uma vez*) DE NOVO NÃO!

*O Hero então aparece no mesmo lugar onde Ravinos e os outros estavam*

Aven Desculpe pelo seu transporte, mas não tínhamos tempo para mandar uma coruja ou alugar um navio.

Player – De boas. Deixando os truques sujos de transporte subterrâneo de lado, o que estamos enfrentando aqui?

Aven – Nós tememos que uma aliada tenha sido… levada para o lado da Queen of All Monsters. Nevana, a melhor pacificadora de Brightoak, travou uma guerra na árvore do mundo. Se ela ESTIVER servindo a Queen, não teremos a mínima chance. Mas eu divago. Independentemente do porquê de ela estar servindo, Nevana mandou seus lacaios no bosque e roubou a corneta celestial do equilíbrio. A música dela é – ou melhor, ERA – constantemente tocada, mantendo os escudos que protegiam as raízes da árvore acionados. Sem a música, as raízes estariam – ESTÃO – abertas para qualquer tipo de ataque. Ou…

Ravinos mostra seu braço corrupto e começa a falar, retomando a fala de Aven

Ravinos mostra seu braço corrupto e começa a falar, retomando a fala de Aven.

Ravinos – Corrupção. Assim como a ligação das raízes com o núcleo de mana.

Player – Entendi. Quanto tempo eu tenho para recuperar isso?

*Há um breve momento de silêncio, até que Ravinos responde*

Ravinos – …Não muito.

*Fim da cutscene*


E acabou por aqui. Como eu já disse na introdução, essa foi apenas uma apresentação do local no jogo, onde podemos fazer quests pra aumentar nossa rep (isso mesmo, já tem rep por lá) e ver os shops, além de explorar um pouquinho o ambiente. Quanto à cena, a história tem um bom potencial. Fizeram uma referência ao Yggdrasil (Na mitologia nórdica, é uma árvore que funciona como o eixo do universo, sustentando os nove mundos) ao colocar esta “Árvore do mundo” que, de certa forma, também sustenta nosso planeta. Podem sair boas coisas daí, mas nunca dá pra confiar na AE, né? Enfim, vou me despedindo por aqui. Se virem algum erro ou tiverem sugestões/dúvidas, podem falar nos comentários. Fiquem com o mais novo clipe do One-Eyed Doll e até a próxima, moços(as)!

4 comentários sobre “Tradução da cutscene de Brightoak!

Deixe-nos saber sua opinião. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.