De volta a Lair. [OFF CHAOS]

Cartoleta

Olá, para as moças e os rapazes. Sentiram minha falta? Não? Ok. Então sem post por hoje. Brincadeira! Até por que o post já ta feito, e vocês só precisam… ah, esquece. Tô voando. Bom, em meio a toda essa correria e desespero para completar a saga do Caos, eis que eu vos trago um post bem diferente. É uma análise, uma linha do tempo, ou uma história. Chame do que quiser. O que importa é que é um texto bem divertido, e que, assim como fez comigo, te trará boas lembranças. Se quiser se distrair um pouco, continue lendo, garoto.

Uma explosão de memórias.

/join Lair pode ser um dos mapas mais antigos do AQW, mas isso não significa que ele não tenha evoluído ao longo dos anos. Desde aquele mini-release do Cysero em que o Galanoth perde seu braço, ainda vale a pena dar aquela velha checada em Vasalkar Lair. Mas seja cauteloso, pois nem todos lá são doces como eu.

Uma disputa milenar que perpetua desde o início dos tempos. (?)

Coloquem seus capacetes, e preparem-se para a história!

Galanoth não é um DragonSlayer típico; toda a sua vida gira em torno de ações. Você sabe… se o dragão é bom, mau ou um lendário Guardião do Tempo, qualquer coisa que possa ser considerada um dragão, bem… ele tem que morrer. Mas não o julgue, pois Galanoth tem o direito de estar com raiva. Após perder os seus pais num ataque de dragões malandrinhos quando ainda criança, ele jurou vinga-los. Esperamos que, com a pequena ajuda de um Herói, ele possa fazer as melhores escolhas ao defender Lore.

Precisando de uma mãozinha, Galanoth? -q

 

Um caçador da nova geração?

Somente aqueles que realmente provam sua maestria em massacrar dragões são dignos de possuir o título de DragonSlayer. Se você é capaz de fazer o que Galanoth te pede e derrotar o que Lair te impõe, dominar essa classe será o menor dos seus problemas. Como uma classe pesada corpo-a-corpo, DragonSlayers simplesmente matam dragões. Com esta classe, você facilmente deixará o Dragão Vermelho em pedacinhos.

“Prepare-se para ser derrotado, verme!”, disse o DragonSlayer segurando a DragonBlade ao olhar para seu inimigo Dragão.

 

FUS RO DAH!

É matar o lendário Dragão Vermelho de uma vez por todas realmente merecido? A Atualização de mid-week de Lair coloca sua bússola moral à prova. Com a mãe morta, um ninho de ovos de dragão foi deixado à paisana. Seria você um caçador de dragões como Ducan, capaz de vencer essa raça maldita dando fim a essa linhagem, ovo por ovo? Ou você julga errado esse tipo de erradicação de ovos, assim como Ferzana, e salvará esses bebês dragões? De qualquer maneira, uma vez feita, sua escolha e eventuais recompensas serão para sempre. Poderiam estes bebês dragões trilhar o estreito caminho do bem, ou é necessário cortar este mal pela raiz?

Nenhum mau atingirá os filhotes. Não enquanto eu estiver aqui.

 

É como fogo é ateado sobre nossas mentes!!! Oh!!

Mesmo quando Galanoth está longe, Vasalkar Lair precisa de um protetor para manter os dragões na baía. Uma vez, antes de partir para uma de suas misteriosas aventuras e desaparecer por um tempo, Galanoth deixou o poderoso DragonLord Bob para defender Lair em seu lugar. O verdadeiro passado de Bob ainda é desconhecido, mas acredita-se que ele foi um dos primeiros DragonSlayers a existir. Sempre abaixo do radar, ele raramente ajuda com a mesma intensidade por muito tempo. Aparentemente nunca envelhecendo, Bob viu o início de todas as caçadas a dragões, e, provavelmente, vai ver até o fim. Quem é ele? Será que ele vai voltar algum dia? Como ele conseguiu esse nome? Uma coisa é certa: Bob deixa mais perguntas do que podem ser respondidas.

Belo set, senhor Bob. Do jeito que eu gosto: do jeito antigo. Se importa se eu copiar?

 

Recompensas em grande escala é o que você procura?

Alguns heróis pensam que precisam de missões extravagantes ou Mana Golems gigantes para conseguir algum ouro, mas, desde os primórdios do AQW, Vasalkar Lair permitiu que jogadores de qualquer nível pudessem conseguir ouro rápido. Asas e Espadas Draconianas já deram um bom dinheiro ao serem vendidas, e cada monstro da baía tem um tipo de recompensa para te dar. No entanto, todos os outros prêmios são merreca quando comparados ao que o lendário Dragão Vermelho pode te oferecer. Ao batalhar com esse dragão, você verá que vale a pena o perigo. Muitos demônios dariam um braço e uma perna por aqueles itens.

 

Lair & Eu. Minha odisséia até o AQW. (Ignore se quiser, insensível)

Comecei a jogar esse jogo em 2008. O marido da minha tia jogava um jogo chamado Silkroad, e todo fim de semana eu ia lá na casa dele jogar. Eu era tipo o bot free dele. Minha mãe não gostava muito disso, pois eu ainda era uma criança e ficava até de madrugada jogando com ele. Ela me proibiu de jogar principalmente depois que eu tive um pesadelo, em que eu fiquei sonâmbulo, vendo o jogo pela casa. Eu lembro que estava dormindo e não conseguia me levantar, mas via meu personagem upando de nível infinitamente. Eu tive um mind explosion e meus pais assistiram isso. Bem, isso é o que eu me lembro, mas pode ter sido um pouco diferente. Sei lá. Foi horrível. Eu gostava muito do jogo, mas, devia obedecer minha mãe. Continuei indo pra lá, mas buscando outros jogos menos “pesados” que minha mãe deixasse eu jogar. Foi ai que conheci Adventure Quest (não o AQW, o AQ mesmo, o primeiro). Gostei muito do jogo, e joguei, se não me engano, até o nível 50. Vendo agora, parecem extremos totalmente distantes: Silkroad e AQ, mas eu era criança né. Eu sempre tive muita afinidade com tecnologia, desde pequeno, e sabia “fuçar” muito bem. Então, depois que enjoei do AQ, joguei todos os outros jogos da AE. Todos mesmo. Mas meu inglês não era muito bom, eu ainda era uma criança, por isso não lembro da história de nenhum dos jogos. Nessa época o AQW ainda nem existia. Bom, então, enfim, o AQW foi lançado. Eu joguei o jogo desde os primeiros dias, mas lembro de ter parado de jogar por uns 3 meses e, quando voltei a jogar, no fim de 2008, criei outra conta, pois não gostava do nome da antiga, da qual não lembro mais. Até hoje eu jogo na Narkay. Como eu era criança, eu era fanático por dragões. Cara, dragões eram demais. Até hoje são. Então, eu vivia em Lair tentando dropar os itens deles. Vocês não imaginam minha tristeza quando eles dropavam e tinham a tag de Member. Eu dropei todos os itens de todos aqueles dragões. Eu queria, pelo menos, as asas deles. Asas são demais. Eu não me lembro bem, mas acho que, no fim, consegui dropar uma que não era member. A azul, se não me engano. Lembro de muitas aventuras que tive nesse jogo, e foi esse tipo de nostalgia que esse texto me trouxe. Desculpem por essa bíblia, mas, queria compartilhar essas lembranças com vocês. Se um dia eu escrever um livro sobre minha incrível vida, certamente isso estará nele. Aguardem.

Desculpem pela bíblia. Não acontecerá denovo :<

 

barra4

Hoho! Então é isso, pessoal. Desculpem denovo por essa bíblia que escrevi acima, mas o texto realmente me trouxe essas lembranças de infância. Ele pode não ter quase nada a ver com Lair, mas me fez lembrar desse lugar e pensar nessas coisas. Daí, já que o post não tá muito ligado ao que está acontecendo no jogo ultimamente, aproveitei pra escrever isso aqui. Espero que tenham gostado desse texto super legal, que foi feito por um dos escritores da AE, @ACWOAE, e editado, adaptado e traduzido por mim mesmo, com algumas alterações para que o texto ficasse o mais compreensível possível, e, claro, sem perder a magia ao ser passado para português! Você pode dar sugestões no twitter de outros lugares que você gostaria que ele fizesse uma análise, continuando a série! E claro, eu estarei aqui para postar. Qualquer erro que você encontrar no post, só deixar nos comentários. Dúvidas, sugestões, elogios ou ofensas, pode deixar aí também, eu leio tudo! E se gostou do post, não esquece de curtir e comentar aí embaixo. Se não gostou, também avalia! Mas não esquece de comentar para que eu possa melhorar em posts futuros. Um forte abraço a todos, fiquem com Deus, e tudo de melhor SEMPRE. Agora fiquem com uma música bem cultural para acompanhar esse texto que traz um pouco da cultura do AQW à tona. Falou mulecada.

 

42 comentários sobre “De volta a Lair. [OFF CHAOS]

  1. Dragonlord BoB ficou eim lair quando Maximillian Lionfang raptou os herois do Lore durante o evento dele em 2009, para os curiosos.

  2. Também acho dragões demais,pq tipo…são dragões!eu tbm jogava mto em lair,eu aprendi a jogar batalhando lá

      • a uns 2 ou 3 anos,nessa época eu sempre inventava um email falso pra ver se era vírus,depois de parar de jogar por 1 ano e meio voltei a jogar mas com um email verdadeiro e o nome de JohnSunDragon,eu praticamente vivia em lair,aí eu parei de jogar por um tempo e agr voltei já faz uns 5 ou 6 meses.

  3. Gostei da biblia, parece que tem cabeça embaixo dessa cartola xD

    Você não sabe como eu estou com preguiça de ler o post, mas li a biblia justamente porque você me chamou de insensivel

  4. Lembro de quando era lv 12 e fui pegar a dragon slayer 😀 eu achava que era uma class muito papacu, que eu ia ficar fodao e ser aplaudido nas yulgars. Depois de 4 HORAS matando o maldito red dragon (lv maximo era 30 então demorava pra carai) eu consegui pegar a class fiquei matando por mais uma meia hora ou sla quanto e na hora que chegou no rank 5, hora de mata os maluco no duel \o/. fui na bludrutbrawl pensando que ia (mata tudu chessus) e morri com um critical de um MAGE. Não feliz com isso fui na doomarena e mandei duel pra um warrior (lv 30) na hora q entrei na arena fui stunado e o maldito cara FICO DANDO /DANCE NA MINHA FRENTE e depois me mato com 1 critical. lair não é um bom lugar pra min ;-;

    • Eu gosto bastante de escrever (no pc, pois minha letra é horrivel e o lápis faz meus punhos doerem). Quem sabe o que o futuro reserva? 😛

  5. Gostei da bíblia, eu também tenho minhas memórias de lair, era mo legal upa la, quem nunca pegou water draconian wings, boto a armor de warrior ou dragonslayer, customizo, o char pra pele preta e estilo de cabelo glowing eyes, pra fingir q era o drakath?
    Eu fazia isso PAKAS, eu achava q ficava mo foda, q nem o drakath msm, e a última quest do galannoth, q tinha q matar o red dragon 8 vezes, eu nunca conseguia completar aquela porta, cheguei a desistir de jogar aqw por isso, era traumática, Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Aaaaaaaahhh, bons tempos, faz 4 anos q jogo aqw, ainda me lembro da felicidade q me dava ter o poder de solar um dwakel, eu me sentia como se eu fosse o próprio drakath Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Erasmo loko.

Deixe-nos saber sua opinião. Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.